Quarta, 24 Junho 2009 20:15

(2009/03) A importância de castrar nossos cães

Avalie este item
(0 votos)
Você sabia que na Cidade de São Paulo já existem mais de três milhões de cães? E que existe um cão para cada quatro pessoas em média? Sabia que são cerca de um milhão de cães abandonados nas ruas da cidade? E já foi o tempo que eram só os vira-latas. Hoje você encontra na rua poodles, cockers, pit bulls, etc. E adivinhe em qual região eles estão em maioria. Acertou quem disse que é na nossa querida zona leste. Pois é. São Miguel, São Matheus, Cidade Tiradentes, Guaianazes são alguns dos bairros que lideram este triste ranking.

É evidente que na rua um cão está sujeito a atropelamentos, frio, fome, viroses, envenenamentos, etc, enfim, uma situação muito injusta, para o melhor amigo do homem. Além disto, existe uma implicação na saúde pública, pois os cães não tratados podem transmitir algumas doenças ao homem.

E você sabe porque existe tanto cachorro nas ruas? Por conta da procriação indiscriminada. Hoje nascem mais cãezinhos do que há famílias dispostas a recebê-los e criá-los bem. Muitos vão parar nas ruas. Muitos são abandonados nas praças pelas próprias pessoas que permitiram às suas cadelas ficarem prenhas. Veja só que falta de responsabilidade.

Por isso, quem tem responsabilidade deve agir por si e pelos outros que não a tem. A medida mais eficiente para a diminuir a população de animais de rua é impedir a reprodução descontrolada dos cães, através da cirurgia de castração. Este procedimento é rápido, seguro e já é financeiramente bastante acessível à população em geral. Além disto, a castração tem efeitos benéficos na saúde dos cães, prevenindo, por exemplo, o câncer de mama e de próstata, além de infecções uterinas freqüentes nas cadelas mais velhas. Converse sobre isso com seu veterinário de confiança. Existe até um programa municipal que oferece castrações gratuitas. Informe-se!

Faça sua parte, esterilize seus animais e estimule seus amigos e vizinhança a fazerem o mesmo.


 

 

Wilson Grassi

 

 

 

 

Médico Veterinário

 

 

O endereço de e-mail address está sendo protegido de spambots. Você precisa ativar o JavaScript enabled para vê-lo.

=====================

Publicado no jornal Fato Paulista n. 98 (12/03/09)

Lido 6851 vezes