Quarta, 24 Junho 2009 20:15

Não compre, adote um amigo!

Avalie este item
(0 votos)

Agora chegou o assunto que eu mais gosto de falar. Milhares de animais nascem de criadores comerciantes. Para estas pessoas, independente de gostarem ou não dos animais, e acredito até que gostem, os bichos são fontes de renda.

Portanto, quanto mais animais nascerem, maior será seu faturamento. Isso faz com que cadelas se tornem máquinas de procriar. Pais às vezes são cruzados com filhos, ou por descuido, ou para conseguir determinada característica física, ou porque não tem outro, então vai com este mesmo. Isso é grave e costuma acarretar alterações genéticas.


Em algumas criações, as condições higiênicas nem sempre são as melhores, e as viroses não são incomuns. O pior de tudo é a banalização do animal. Hoje, no Brasil, estima-se 28 milhões de cães. Boa parte deles nas ruas, sofrendo com a fome, o frio, viroses, atropelamentos, etc. Quando você recolhe um destes da rua, trata, esteriliza, vacina e tentar doar, encontra muita dificuldade para conseguir um adotante, devido à maioria das pessoas que gostam de animais já ter um, dois, três ou mais bichos
em casa.

Portanto
, para responder a pergunta: comprar ou adotar, eu sempre digo adotar! Provavelmente você vai encontrar mais viralatinhas precisando de um lar, mas está cada vez mais comum encontrar também animais de raça sem lar (nas ruas ou nos abrigos). Dos animais que estão nas ruas, supõe-se que 30% se perderam e 70% foram abandonados. Com os bichos, se repete o problema das crianças de orfanato. Os filhotinhos, pela sua delicadeza, mais facilmente encontram um lar, enquanto os adultos permanecem muito mais tempo nos abrigos.

Porém, se você resolver ter um animal, adotar um adulto pode até ser a melhor opção. Você já sabe o tamanho definitivo dele, conhece o temperamento, que já está formado e ainda economiza um dinheirinho, pois um o filhote dá um pouco mais de despesa por conta dos reforços das vacinações.


Então, pense nisso: Ao invés de comprar, adote um amigo!

Wilson Grassi
Médico Veterinário


===============
Este conteúdo pode ser reproduzido desde que mencionado a fonte.

Publicado no jornal Fato Paulista

Lido 6481 vezes